terça-feira, abril 27, 2010

Realmente diferente!

E como se soubesse tudo que penso, ele fez tudo que odeio cada detalhe cada coisinha, cada frase, como se não se importasse , mudou tudo tão rápido assim?
O que aconteceu passou? Sumiu? Você nunca sentiu realmente nada?
Então foi tudo uma mentira, como se nunca tivesse existido, como se tudo não fizesse sentido. Cada sentimento, pensamento, desejo, promessa, tudo uma mentira?
É como se para mim nada tivesse sumido, não está igual, não vou mentir e ser hipócrita de dizer que não queria falar com você somente mais uma vez, e prometendo que dessa vez seria absolutamente sincera e que não mentiria, iria dizer tudo que sinto.
Mentira, mentira minha dizer isso, não eu não demonstraria meu sentimento, sua falta de importância apaga de mim tudo que sinto e traz comigo tudo o que eu desejaria sentir para sempre por você.
Realmente você não se importa, e, por favor, não minta dizendo que se importa, não, não é real, é como todas as outras vezes. Teu carinho nunca será o mesmo, tuas falas e conversas nunca serão iguais, e sinceramente não se importe mais com meus sentimentos, que diferença faz agora que você destruiu cada parte boa de você dentro de mim quando eu fui sincera e falei tudo que eu sentia.
Realmente tudo isso faz muito diferença para mim, faz sim.

quinta-feira, abril 15, 2010

De tudo que sonhei

Poucas vezes pude ver ou sentir, talvez nem tenha visto com tanta certeza, mas com certeza eu deveria ter olhado com clareza.
Às vezes era difícil entender, ou simplesmente depois que passasse explicar o que houve, nunca haja talvez uma explicação. Pode ser sonhos, desejos, felicidades, medo, não sei, inexplicáveis sentimentos passam por nós em uma noite, explicáveis lugares conhecemos e nós encantamos tudo que vimos muitas vezes em questão de segundo depois que acordamos é apagado e é como se nunca tivesse passado por ali. De tudo que sonhei muitas coisas lembrei, muitas alegrias passei.
De tudo que sonhei, poucas pessoas pude reconhecer e conhecer. Em muitos momentos fui triste e chorei, fui intensa e sorri, senti, gritei, amei, desejei e talvez REALIZEI. De tudo que sonhei e acreditei que poderia ser real que poderia está ali. E quando acordei talvez chorasse por querer tanto não ter acordado e tive que acredita que não tinha sido real, de tudo que sonhei algumas vezes me encantei e me perdi para não ter que me achar de novo e voltar para onde estava na realidade. De tudo que sonhei poucas lembranças nunca serão apagadas, outras quem sabe se apagaram no exato momento que acorda e outros quem sabe um dia serão realizadas. De tudo que sonhei (:

quarta-feira, abril 14, 2010

Como eu queria

Como eu queria esquecer só por um momento cada traço dentro de mim, como eu queria mudar meus pensamentos e tirar daqui de dentro tudo que não fosse bom, como eu queria só por um momento poder fechar os olhos sem lembrar-se do que eu quero tanto esquecer, como eu queria ao menos poder dormir sem a preocupação de que no meio da minha noite no sonho mais lindo você vai aparecer, como eu queria ao menos poder andar por ai sem procurar nos olhos de outro alguém aquilo que só posso encontrar em você. Ê saudade!

A Vida!

Imagina se vc morresse amanhã, vc morreria feliz, sem arrependimentos, com a certeza de que fez tudo que deveria fazer, sem deixar magoas de alguém, vc realmente morreria com a certeza de que viveu bem, com a certeza de que vc cumpriu tudo que deveria cumprir ? Eu só tenho a certeza de que morreria satisfeita, satisfeita com tudo aquilo que pude vê, com tudo aquilo que pude sentir, com tudo que pude aprender, com tudo que pude viver, com todos os momentos que sorri. Mesmo tão jovem morreria bem, bem pra caramba para ser bem sincera porquê tudo que vivi, senti, sofri, sorrir, me deu a certeza de que fui feliz, com a certeza de que não somente sofri, não somente chorei, mas com a certeza de que fiz tudo com emoção e quando foi preciso usei sim muito a razão, morreria com a certeza de que não somente existi ou sobrevive, mas com a certeza de que apesar de tudo eu vivi, vivi intensamente. E agora é isso que vou fazer viver envéz de ficar pensando em quando eu morre ;D