sábado, dezembro 25, 2010

Então é natal, e o que você fez?
O ano termina e nasce outra vez :0)

Um grande e feliz natal a todos!

Não deixar de ser criança

Me peguei pensando na infância nos tempos de criança em que na minha época ainda se brincava de boneca, em que computador não era tão interessante e criança ainda era criança de vestido e de rosa, não de salto e short curto. E me lembrei dos natais doces com a familia, onde ficava com minha prima sacudindo as caixas de presente e imaginando de quem será esse presente e claro eu queria sempre os maiores para mim, pensando naquela ceia deliciosa preparada pela vovó e pelas tias o cheiro gostoso do pobre do porco assado, e que eu não comia com pena do bichinho,me peguei pensando na familia reunida dos abraços apertados e daquele calor humano gostoso.
Me lembrei dos tempos de criança onde roupas não eram tão importantes maquilagem só se fosse da barbie por que era rosa, aquelas de caixinha preta e com nome de marca em cima não eram interessantes tinha que ser da barbie, me lembrei de que eu não podia esquecer de alimentar meu bichinho eletrônico por que senão ele morria e mamãe tinha que comprar outro, me lembrei que não havia preocupações pois era férias e eu não tinha folga eu tinha era todo o tempo do mundo só para correr, me peguei pensando que para andar de noite na rua não tinha preocupação, podia ser de camisola mesmo para tomar um sorvete ali na esquina, cabelo despenteado eu estava linda, me peguei pensando que não tinha meninos para me preocupar se eu estava bonita havia amigas para brincar comigo e ficarmos pulando corda.
Me peguei pensando mais ainda então, que os tempos mudam e que familias não estão mais tão reunidas no natal, que meus presentes não são mais os maiores, que a ceia ainda continua muito gostosa mas foi só a mamãe que fez, que agora existe folgas e que elas não são para sempre são só um dia, no outro já tem que está no batente, que férias é só para se livrar um pouco da escola mas não se esquecer do vestibular ano que vem, que maquilagem da barbie não serve mais, bom mesmo são as de caixinha preta com marca na frente, que sair na rua para comprar sorvete tem que esta de cabelo penteado e com uma roupa arrumadinha, afinal de contas tem um monte de menino bonito para vê a gente, que ir na pracinha só se for para sentar no banquinho.
Me peguei pensando que para mim nem tudo é assim, não deixei de ser criança eu apenas evolui e criei pensamentos diferentes de antes, mas não deixei de ser criança não senhor, eu ainda amo um balanço e acho as barbies a coisa mais linda no mundo, só que agora também existem coisas mais interessantes, e que em algumas coisas nossas crianças internas ainda estão aqui muito presentes e afinal que adulto não resiste a uma maça do amor, a algodão de doce, e um parque de diversão!

segunda-feira, dezembro 13, 2010

Momentos

A momentos que não voltam mais, momentos únicos e simples que simplesmente ficam no passado.
Como a brisa que passou, vento que bagunça o cabelo, o cheiro que nos faz sonhar, a chuva que nos refresca a alma, o arrepio que nos faz tremer, o abraço que foi dado, o aperto de mão apertado, a palavra que foi dita, o olhar que foi lançado, aquele beijo tão sonhado, a lágrima que caiu.
Momentos de amor, tristeza, solidão, felicidade.
Momentos intensos, momentos passados, momentos.
Foram simplesmente momentos que passarão, nos preparando para os que virão!