segunda-feira, setembro 27, 2010

Auto...

Me faltam palavras para escrever, sinto falta de inspiração.
Me surge algo algumas vezes para colocar aqui, mas sem mais nem menos me foge.
A mente anda um pouco ocupada e preucupada e cansada.
A vida anda meio medrosa, não ta corrida mas tem caminhado estranha.
Passando por momento de mudanças de um autotratamento, tenho procurado cuidar do que mais me incomoda.
Tenho procurado pensar melhor nas minhas atitudes, tenho buscado reconhecer meus erros e parar de julgar tanto as pessoas.
Todos precisam de um momento assim, pode até não resolver muita coisa para mim ou para você, mas um momento de autoreconhecimento nem que seja por alguns segundos é bom!
E está aqui postando isso é bom para mim, me sinto tão a vontade, não tenho timidez e nem medo de falar, a insegurança que me consome não desperta e me deixa só por alguns instantes, me faz bem!
E talvez não me falta inspiração, me falta força e animo para juntar as palavras e fazer delas um pensamento livre que antes me consumia!

domingo, setembro 12, 2010

Sei lá

Seria bom um tempo sem preucupações,
um tempo sem angustias, um tempo sem chatiações.
Seria bom um momento sem tristezas,
um momento sem pessoas reclamando, um momento sem barulho.
Seria bom se eu reclamasse menos também.
E como é bom um momento de sossego, um momento de felicidade,
um momento de pessoas alegres, um momento de paz.

mas sei lá é que as vezes da umas angustias, e não são sem motivo!

sábado, setembro 04, 2010

Sentimentos

Não cabe a nós explicarmos os sentimentos, cabe a nós sentirmos.
Queria eu explica o que se passa aqui dentro quando me coração bate mais forte, minha mãos ficam suando, e meus olhos brilham.
Queria eu poder entender por que mesmo não vendo, mesmo não conhecendo apenas se comunicando a distancia eu sinto tanta falta de um alguém que nunca vi, nunca senti, queria eu explicar a saudade, talvez seja este o sentimento que nunca consigo entender.
Você não explica, você não entende e quando percebe ele já está em você.
Eeh saudade!
Queria eu entender os sentimentos do mundo (:

quarta-feira, setembro 01, 2010

Nossa Insatisfação

Eu poderia parar em qualquer lugar e começar a analisar as pessoas.
Seres que são meramente estranhos, que levam vidas muito diferentes,
sentando em um lugar posso vê trabalhadores, mães, tios, país e filhos,
posso vê aquele senhor aposentado lendo seu jornal ou jogando um xadrez ou simplesmente reclamando da vida que leva, por te que todo mês que contar com o dinheiro do INSS, posso vê no canto direito uma grávida de cabeça baixa talvez conversando em silêncio com seu bebê, talvez cantando ou reclamando do pai que a criança ainda nem conhece por a ter deixado sozinha, ali mais na frente tem aquele trabalhador com cara de bravo falando com o amigo, talvez estejam reclamando do futebol que não foi bom ou contando da esposa que não para de comprar e talvez reclamando do preço das coisas que está aumentando e já não ta dando mais o dinheiro no final do mês. E nesse mundo de gente se você puder perceber não existe uma só pessoa que não tem problemas, não existe pessoas que sejam completamente realizadas, pessoas que sejam completamente felizes. E agora você pensa, nossa como essa menina que escreveu é negativa, mas fala a verdade você não tem problemas? Você não seria mais feliz se tivesse um namorado ou aquela blusa ai da loja? Você não estaria mais satisfeito se o seu time tivesse em primeiro ou se seus problemas financeiros diminuicem?
Nós nunca estamos satisfeitos com a vida em que levamos, nunca estamos satisfeitos com o que temos, e sempre nos falta algo a mais.
Talvez devêssemos ser mais simples e aceitar a vida assim como ela é, mas é difícil, quando nossos problemas falam mais alto. Mas para tentar ser feliz da maneira em que levamos nossa vida não custa nada afinal pensar positivo é sempre a melhor coisa a se fazer.